Qual é a diferença entre capital fixo e capital de giro?

Capital fixo e capital de giro são dois ativos muito importantes na função contínua de praticamente todos os tipos de negócios. Cada tipo de capital oferece benefícios diferentes à empresa e possibilita continuar produzindo bens e serviços que, por sua vez, são oferecidos para venda aos clientes. Embora ambos sejam usados ??para buscar um objetivo comum, a natureza de cada grupo de ativos é um pouco diferente.

Uma das principais diferenças entre os dois conceitos tem a ver com seus respectivos papéis. Ativos de capital fixo são aqueles que são considerados de longo prazo ou duráveis ??e podem ser usados ??repetidamente por um longo período de tempo como parte da operação do negócio. Os exemplos incluem as instalações físicas de propriedade e operadas pela empresa, o equipamento usado no processo de produção e outras propriedades usadas diariamente para permitir que a empresa opere. O capital fixo pode ser usado por anos antes que eles precisem ser substituídos.

Por outro lado, capital de giro refere-se a ativos que são adquiridos e utilizados em operações comerciais por um período mais curto. Isso pode incluir dinheiro que flui para os negócios de diferentes fontes e é usado para comprar matérias-primas, gerenciar dívidas e honrar as obrigações que a empresa faz como parte de sua operação geral. Com isso em mente, a diferença entre os dois tipos de capital fica mais clara, sendo uma relacionada a ativos que fornecem benefícios por um longo período de tempo (isto é o que o “fixo” se refere) e a outra relacionada a ativos que são constantemente recebidos e consumidos com a mesma rapidez como parte do esforço de negócios (é a isso que “trabalho” se refere).

A maioria das empresas exige capital fixo e capital de giro para funcionar. Mesmo que uma empresa alugue sua localização física (em vez de possuí-la), há uma boa chance de a empresa ainda possuir alguns equipamentos essenciais para o funcionamento contínuo da operação. Ao mesmo tempo, um fluxo constante de caixa proveniente da venda de bens e serviços, empréstimos comerciais e linhas de crédito comerciais possibilita cobrir as despesas diárias da operação e promover a geração de receita. Manter um inventário contínuo dos dois tipos de capital e gerenciá-los adequadamente, ajudará muito a garantir que a empresa possa crescer e prosperar por muitos anos.