Quais são os diferentes tipos de roupas ecológicas?

Existem muitos tipos de roupas ecológicas. Roupas usadas são mais ecológicas do que roupas novas. Roupas recicladas, orgânicas e naturalmente tingidas são todos os tipos populares de roupas verdes.

Encontrar roupas ecológicas pode ser tão simples quanto visitar um brechó ou uma venda de garagem. Roupas delicadamente usadas ou vintage, feitas de qualquer material, são mais ecológicas do que a maioria das roupas vendidas nas lojas, porque não exigem mais recursos de fabricação ou distribuição. As roupas que já estão no armário de uma pessoa não podem se tornar mais hostis ao meio ambiente, e a manutenção de roupas para uso prolongado pode tornar qualquer peça ecológica.

Algumas empresas fabricam roupas ecológicas a partir de materiais reciclados. O plástico, por exemplo, poderia ser transformado em fibras usadas para criar roupas. Não é possível compostar roupas produzidas a partir de materiais reciclados, porque geralmente não são biodegradáveis, mas podem ser recicladas novamente para criar mais roupas. As empresas às vezes reciclam algodão velho para fazer roupas novas também.

Às vezes, os designers utilizam o tecido de roupas velhas para criar novas roupas ecológicas. Um dos estilos mais comuns são as roupas de retalhos, como saias e calças, reunidas em diferentes jeans ou veludo cotelê. Os designers de roupas também podem remover as áreas desgastadas de uma peça de roupa e remendar os orifícios com um tecido reutilizado ou usar o material restante para criar uma peça menor de roupa.

A agricultura orgânica produz os tecidos usados ??por muitos fabricantes de roupas que respeitam o meio ambiente. Algodão, linho, lã e cânhamo podem ser produzidos organicamente, sem pesticidas, inseticidas e outros produtos químicos prejudiciais, freqüentemente usados ??na agricultura. Os materiais orgânicos são recursos renováveis, biodegradáveis ??e compostáveis. Ao comprar roupas orgânicas, os consumidores promovem iniciativas agrícolas ecológicas, mas algumas pessoas argumentam que as misturas de tecidos feitas de fibras naturais e sintéticas proporcionam melhor durabilidade e longevidade, tornando-as mais amigas do ambiente do que as roupas orgânicas.

Alguns tecidos usam fibras artificiais derivadas naturalmente. Polpa de madeira, bambu, soja e milho são fontes das fibras, mas o processo de transformá-las em tecido requer técnicas prejudiciais semelhantes a materiais sintéticos, como nylon e poliéster. Outras questões incluem a popularidade do milho e da soja geneticamente modificados, bem como a perda de habitats animais relacionados ao uso de bambu e polpa de madeira. As pessoas consideram que as peças de vestuário são roupas ecológicas, porque é possível compostá-las quando elas deixarem de desempenhar suas funções.

O uso de corantes naturais é uma característica comum de roupas ecológicas. Os corantes naturais são provenientes de fontes como flores, ervas, vegetais, frutas e alguns tipos de insetos. Corantes não químicos podem criar uma vasta gama de cores sem prejudicar o meio ambiente.