O que é patrimônio comum?

O patrimônio comum é uma maneira de medir o patrimônio que leva em consideração apenas o valor em dólar que os acionistas ordinários investiram em uma empresa, desconsiderando o valor investido pelos acionistas preferenciais. Isso inclui ações mantidas por acionistas ordinários, bem como lucros acumulados de uma empresa e quaisquer contribuições que excedam o valor normal das ações, chamado de capital integralizado adicional. O cálculo do patrimônio comum permite aos analistas financeiros ir além do amplo cálculo do patrimônio líquido e obter uma visão mais precisa da estabilidade financeira da corporação.

A fórmula para chegar ao patrimônio comum é relativamente simples. Primeiro, é determinada a venda total de ações ordinárias em circulação. Isso é adicionado ao total de lucros acumulados. Juntos, isso ajuda a obter a quantidade de excedente de capital gerado pelo estoque comum e, portanto, o valor geral do estoque durante o período atual. Para um cálculo rápido, muitos analistas simplesmente pegam o valor atual do patrimônio líquido e subtraem o valor do patrimônio preferencial. Quando tudo estiver em ordem, esse valor deve ser igual ou aproximar-se do valor gerado pelo processo mais abrangente.

Monitorar o status atual do patrimônio líquido é uma ferramenta útil para manter contato com a condição financeira da corporação. Uma mudança no patrimônio líquido pode fornecer informações sobre o padrão de crescimento ou a taxa de declínio na lucratividade geral da corporação. Em alguns casos, uma mudança pode alertar diretores e executivos importantes sobre tendências antes que eles tenham a chance de impactar negativamente as operações e a imagem pública da empresa entre os investidores.

Normalmente, as empresas calculam o patrimônio comum atual pelo menos trimestralmente. Não é incomum para algumas empresas fazer o cálculo do patrimônio líquido como parte de seu processo contábil mensal regular. Isso é particularmente verdadeiro com as empresas que entendem o monitoramento do patrimônio líquido atual das ações emitidas é uma ótima maneira de ajudar a lidar e conter as tendências dos acionistas antes que qualquer efeito negativo possa resultar.